CG36

  • LEITÕES UNIFORMES E VIGOROSOS
  • 16 TETAS EM MÉDIA
  • BAIXA MORTALIDADE DE MATRIZES
  • EXCELENTE CARCAÇA E CONVERSÃO ALIMENTAR

CG36 EFICIÊNCIA E SUSTENTABILIDADE
A matriz CG36 é a fêmea capaz de produzir o máximo de leitões sozinha, consumindo o mínimo de recursos humanos e materiais. É uma fêmea dócil, autônoma, robusta e fácil de trabalhar, cuidando de seus leitões naturalmente com o leite materno até o desmame, produzindo animais altamente eficientes.

 

UM FORTE ELO MATERNAL
• Alta prolificidade junto com a maior capacidade a desmamar
• Eficiente ingestão de colostro (leitões mais resistentes)
• 16 tetas funcionais em média
• N°1 na capacidade a desmamar os leitões pela própria mãe (menos mãe de leite)

MELHOR ROBUSTEZ
• Aprumos robustos
• Carreira excepcional: mais de 6 leitegadas em média
• Baixa taxa de reposição
• Descarte escolhido e não imposto (menor taxa de mortalidade de matriz)

MAIS CONFORTO
• Fácil manejo
• Deixando a natureza trabalhar: matriz autônoma com partos rápidos
• Qualidade dos leitões: pesados e homogêneos
• 114 dias de gestação

EFICIÊNCIA NO USO DOS RECURSOS NATURAIS
• Menor consumo de ração das matrizes (cerca de 1.050 kg/ano)
• Terminados altamente eficientes na capacidade de transformar ração em carne (eficiência alimentar